Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Palavras chave

Últimos assuntos
» POR QUE AS PESSOAS ABANDONAM A “IGREJA”
Ter Jan 20, 2015 1:28 pm por Jardim Regado

» Para que são os "sinais"?
Seg Out 27, 2014 8:03 pm por Jardim Regado

» Fórum - Transformando "igrejados" em "desigrejados"
Seg Jul 28, 2014 5:29 pm por rasabino

» O Evangelho Vive #25
Qua Jun 11, 2014 5:00 pm por Jardim Regado

» Desabafo 3
Sex Maio 16, 2014 7:48 pm por rasabino

» Desabafo 2
Sex Maio 16, 2014 7:47 pm por rasabino

» Desabafo 1
Sex Maio 16, 2014 7:46 pm por rasabino

» O Evangelho Vive #24
Ter Abr 22, 2014 9:10 pm por rasabino

» O Evangelho Vive #23
Ter Abr 22, 2014 4:41 pm por rasabino

Junho 2018
SegTerQuaQuiSexSabDom
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930 

Calendário Calendário

Parceiros
Fórum grátis


Mistérios em oculto

Ir em baixo

Mistérios em oculto

Mensagem por rasabino em Sex Nov 15, 2013 12:40 pm

Há muito tempo que tenho um questionamento com Deus sobre uma questão, que agora pode ser que unindo nossos entendimentos, eu a possa completar:

Depois virá o fim, quando tiver entregado o reino a Deus, ao Pai, e quando houver aniquilado todo o império, e toda a potestade e força. 1 Coríntios 15:24

Império = ?
Potestade = ?
Força = ?

Na sequência deste mesmo texto mais adiante vem:

Porque convém que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade, e que isto que é mortal se revista da imortalidade. E, quando isto que é corruptível se revestir da incorruptibilidade, e isto que é mortal se revestir da imortalidade, então cumprir-se-á a palavra que está escrita: Tragada foi a morte na vitória. Onde está, ó morte, o teu aguilhão? Onde está, ó inferno, a tua vitória? Ora, o aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei. Mas graças a Deus que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo.
1 Coríntios 15:53-57

Paulo afirma que a primeira criação (Adão) foi feita em um corpo corruptível, ou seja, um corpo que está sujeito a corrupção, ou ainda, de natureza (semente) corruptível:

Assim também a ressurreição dentre os mortos. Semeia-se o corpo em corrupção; ressuscitará em incorrupção. 1 Coríntios 15:42

Saber disto me provou uma grande questão com Deus: Por quê Senhor nos fizeste um "pouco menor" que os anjos?

Algumas coisas me perturbaram durante anos, até entender que o primeiro homem é de corpo frágil, sujeito ao pecado, e Paulo exclama:

Miserável homem que eu sou! quem me livrará do corpo desta morte? Romanos 7:24

Por que Deus nos fizeste assim?

Entre o que é natural (terreno) e o que é espiritual (celestial) existe um ponto que raramente estamos dispostos a olhar:

Os anjos (espíritos ministradores) foram criados em um ambiente celestial. Sem Lei alguma para os limitar quanto ao procedimento, sem algo para os tentar, a não ser uma tarefa dada exclusivamente a uma classe de anjos chamada de querubins:

Pela multidão das tuas iniqüidades, pela injustiça do teu comércio profanaste os teus santuários; eu, pois, fiz sair do meio de ti um fogo, que te consumiu e te tornei em cinza sobre a terra, aos olhos de todos os que te vêem. Ezequiel 28:18

Deus é espírito, e o lugar da Sua habitação é Santo. Deus nos fez para sermos o lugar da Sua habitação, ou seja, para sermos a Sua casa, Sua morada:

Edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, de que Jesus Cristo é a principal pedra da esquina; No qual todo o edifício, bem ajustado, cresce para templo santo no Senhor. No qual também vós juntamente sois edificados para morada de Deus em Espírito. Efésios 2:20-22

Então o que estava em disputa era o Santuário de Deus, Seu lugar de autoridade, de onde Ele poderia governar com visibilidade, ou seja, NÓS!

Nosso ser, nossa mente, nosso "coração" foi preparado deste a fundação do mundo, para ser o lugar do Trono de Deus, de onde Ele governaria tudo que criou!

Mas um querubim profanou estes santuários (Adão e Eva), os tornou profanados por uma disputa de governo sobre as coisas criadas. Lançou no coração do homem uma semente capaz de profanar o Templo de Deus:

O reino dos céus é semelhante ao homem que semeia a boa semente no seu campo; Mas, dormindo os homens, veio o seu inimigo, e semeou joio no meio do trigo, e retirou-se. E, quando a erva cresceu e frutificou, apareceu também o joio. Mateus 13:24-26

Só tem um lugar onde esta semeadura poderia ser feita: Nossa mente!

Tudo isto disse Jesus, por parábolas à multidão, e nada lhes falava sem parábolas; Para que se cumprisse o que fora dito pelo profeta, que disse: Abrirei em parábolas a minha boca; Publicarei coisas ocultas desde a fundação do mundo. Mateus 13:34-35

Finalmente é no Evangelho que entendemos todo princípio da criação.

E ele, respondendo, disse-lhes: O que semeia a boa semente, é o Filho do homem; O campo é o mundo (nossa mente); e a boa semente são os filhos do reino (regenerados pela Palavra); e o joio são os filhos do maligno (toda descendência de Adão); O inimigo, que o semeou, é o diabo (uma só vez, lá no Éden); e a ceifa é o fim do mundo; e os ceifeiros são os anjos. Assim como o joio é colhido e queimado no fogo, assim será na consumação deste mundo. Mateus 13:37-40

"Joio" é a produção da semente do engano (Cobiça), feita uma única vez no Éden que vem sendo verifica em todos os descendentes de Adão. Quem poderá nos livrar do nosso corpo o plantio desta semente de morte? Não pode! Ninguém pode! Nem Jesus pode! Este corpo físico está julgado e condenado a morte, e morra ele com a sua semente (joio) de morte!

Porque, se fomos plantados juntamente com ele na semelhança da sua morte, também o seremos na da sua ressurreição; sabendo isto, que o nosso homem velho foi com ele crucificado, para que o corpo do pecado seja desfeito, para que não sirvamos mais ao pecado. Porque aquele que está morto está justificado do pecado. Romanos 6:5-7

É por isso que este corpo físico jamais possuirá a eternidade, pois ele carrega a semente do maligno. Carne e sangue não podem herdar a eternidade.

Assim nada mais resta para este corpo, a não ser o de ser queimado no fogo, como está escrito:

Assim como o joio é colhido e queimado no fogo[/b], assim será na consumação deste mundo.

Só podemos concluir nesta primeira parte, é que o "Joio" é o fruto da semente do maligno, qual seja, o pecado que produzimos, cuja a semente ainda está em nós!

Fazer com que esta "semente de joio" fique infrutífera é o nosso chamado, pois ela não poder ser arrancada agora. Como posso fazer com que esta semente nunca frutifique dentro em mim? Recebendo outra semente: O Evangelho (Trigo), e quem faz a semeadura dela é o Filho do Homem!

Voltando ao início da questão: Quando virá o fim? Quando forem aniquilados todo:

Império = MORTE (?)
Potestade = PECADO (?)
Força = A LEI (?)

Por esta razão, nós também, desde o dia em que o ouvimos, não cessamos de orar por vós, e de pedir que sejais cheios do conhecimento da sua vontade, em toda a sabedoria e inteligência espiritual; para que possais andar dignamente diante do Senhor, agradando-lhe em tudo, frutificando em toda a boa obra, e crescendo no conhecimento de Deus; corroborados em toda a fortaleza, segundo a força da sua glória, em toda a paciência, e longanimidade com gozo; dando graças ao Pai que nos fez idôneos para participar da herança dos santos na luz; O qual nos tirou da potestade das trevas, e nos transportou para o reino do Filho do seu amor; em quem temos a redenção pelo seu sangue, a saber, a remissão dos pecados; O qual é imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação; porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades. Tudo foi criado por ele e para ele. E ele é antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem por ele. E ele é a cabeça do corpo, da igreja; é o princípio e o primogênito dentre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência. Porque foi do agrado do Pai que toda a plenitude nele habitasse, e que, havendo por ele feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, tanto as que estão na terra, como as que estão nos céus. A vós também, que noutro tempo éreis estranhos, e inimigos no entendimento pelas vossas obras más, agora contudo vos reconciliou no corpo da sua carne, pela morte, para perante ele vos apresentar santos, e irrepreensíveis, e inculpáveis, se, na verdade, permanecerdes fundados e firmes na fé, e não vos moverdes da esperança do evangelho que tendes ouvido, o qual foi pregado a toda criatura que há debaixo do céu, e do qual eu, Paulo, estou feito ministro. Regozijo-me agora no que padeço por vós, e na minha carne cumpro o resto das aflições de Cristo, pelo seu corpo, que é a igreja; da qual eu estou feito ministro segundo a dispensação de Deus, que me foi concedida para convosco, para cumprir a palavra de Deus; o mistério que esteve oculto desde todos os séculos, e em todas as gerações, e que agora foi manifesto aos seus santos; aos quais Deus quis fazer conhecer quais são as riquezas da glória deste mistério entre os gentios, que é Cristo em vós, esperança da glória. Colossenses 1:9-27

O corpo que agora nos aguarda é um corpo incorruptível que abriga apenas uma semente: A VERDADE. Depois que aqueles três elementos forem aniquilados o homem poderá viver em verdadeira consciência de governo santo e eterno. Novos céus e nova terra hão de manifestar-se:

E mostrou-me o rio puro da água da vida, claro como cristal, que procedia do trono de Deus e do Cordeiro. No meio da sua praça, e de um e de outro lado do rio, estava a árvore da vida, que produz doze frutos, dando seu fruto de mês em mês; e as folhas da árvore são para a saúde das nações. E ali nunca mais haverá maldição contra alguém; e nela estará o trono de Deus e do Cordeiro, e os seus servos o servirão. E verão o seu rosto, e nas suas testas estará o seu nome. E ali não haverá mais noite, e não necessitarão de lâmpada nem de luz do sol, porque o Senhor Deus os ilumina; e reinarão para todo o sempre. Apocalipse 22:1-5

_________________
No amor,

Roberto A. Sabino
Blog O Evangelho Vive
rasabino@yahoo.com.br
(044)9805-7891
avatar
rasabino

Mensagens : 215
Data de inscrição : 18/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mistérios em oculto

Mensagem por Jardim Regado em Sex Nov 15, 2013 4:38 pm

Acredito que estes três elementos se referem às instituições corrompidas: economia, política e religião. Quando elas forem aniquiladas, seremos revestidos de igualdade, serviço e amor.

Quando assimilamos o Evangelho, começa em nós este novo governo e creio que já é a consciência do que há de vir. Enquanto estivermos aqui, seremos de alguma forma afetados por esses sistemas.

_________________
"Serás como um jardim regado e como um manancial, cujas águas nunca faltam Is 58:11b"

http://janetecardoso.blogspot.com.br/
avatar
Jardim Regado

Mensagens : 223
Data de inscrição : 17/03/2013
Idade : 46
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://janetecardoso.blogspot.com.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mistérios em oculto

Mensagem por rasabino em Dom Nov 17, 2013 7:30 am

Jardim Regado escreveu:Acredito que estes três elementos se referem às instituições corrompidas: economia, política e religião. Quando elas forem aniquiladas, seremos revestidos de igualdade, serviço e amor.

Quando assimilamos o Evangelho, começa em nós este novo governo e creio que já é a consciência do que há de vir. Enquanto estivermos aqui, seremos de alguma forma afetados por esses sistemas.
Estes conceitos (economia, política e religião) que revestem e fundamentam as sociedades organizadas ainda são apenas o sub-produto de obras humanas.

O que gostaria de trazer para discussão é um enfoque anterior a todos estes conceitos, como disse Jesus: "Publicarei coisas ocultas desde a fundação do mundo". Entendo que os conceitos de "império, potestade e força" são revelados nas parábolas que Jesus vinha publicando. Neste caso, temos duas principais: O Semeador e a do "Joio e do Trigo" que também são "sementes".

Tudo que é produzido na natureza originalmente é uma semente. Nossa forma humana de existir também tem a semente como sua figura representativa. Cada semente dá forma a um corpo, ou produto, ou fruto, ou obras!

Assim quando eu digo que minhas palavras produzem uma obra (boa ou má) é como se eu estivesse lançando no chão da existência uma semeadura, a qual ao seu tempo fará surgir um fruto, que também poderá ser bom ou mal:

Porque cada árvore se conhece pelo seu próprio fruto; pois não se colhem figos dos espinheiros, nem se vindimam uvas dos abrolhos. Lucas 6:44

Porque não há boa árvore que dê mau fruto, nem má árvore que dê bom fruto. Lucas 6:43

Assim saberão todas as árvores do campo que eu, o Senhor, abati a árvore alta, elevei a árvore baixa, sequei a árvore verde, e fiz reverdecer a árvore seca; eu, o Senhor, o disse, e o fiz. Ezequiel 17:24

Porque há esperança para a árvore que, se for cortada (morrer), ainda se renovará, e não cessarão os seus renovos. Jó 14:7

_________________
No amor,

Roberto A. Sabino
Blog O Evangelho Vive
rasabino@yahoo.com.br
(044)9805-7891
avatar
rasabino

Mensagens : 215
Data de inscrição : 18/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mistérios em oculto

Mensagem por rasabino em Qua Nov 20, 2013 10:29 am


_________________
No amor,

Roberto A. Sabino
Blog O Evangelho Vive
rasabino@yahoo.com.br
(044)9805-7891
avatar
rasabino

Mensagens : 215
Data de inscrição : 18/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mistérios em oculto

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum