Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Palavras chave

Últimos assuntos
» POR QUE AS PESSOAS ABANDONAM A “IGREJA”
Ter Jan 20, 2015 1:28 pm por Jardim Regado

» Para que são os "sinais"?
Seg Out 27, 2014 8:03 pm por Jardim Regado

» Fórum - Transformando "igrejados" em "desigrejados"
Seg Jul 28, 2014 5:29 pm por rasabino

» O Evangelho Vive #25
Qua Jun 11, 2014 5:00 pm por Jardim Regado

» Desabafo 3
Sex Maio 16, 2014 7:48 pm por rasabino

» Desabafo 2
Sex Maio 16, 2014 7:47 pm por rasabino

» Desabafo 1
Sex Maio 16, 2014 7:46 pm por rasabino

» O Evangelho Vive #24
Ter Abr 22, 2014 9:10 pm por rasabino

» O Evangelho Vive #23
Ter Abr 22, 2014 4:41 pm por rasabino

Novembro 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
  12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930   

Calendário Calendário

Parceiros
Fórum grátis


Mistérios em oculto

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Mistérios em oculto

Mensagem por rasabino em Sex Nov 15, 2013 12:40 pm

Há muito tempo que tenho um questionamento com Deus sobre uma questão, que agora pode ser que unindo nossos entendimentos, eu a possa completar:

Depois virá o fim, quando tiver entregado o reino a Deus, ao Pai, e quando houver aniquilado todo o império, e toda a potestade e força. 1 Coríntios 15:24

Império = ?
Potestade = ?
Força = ?

Na sequência deste mesmo texto mais adiante vem:

Porque convém que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade, e que isto que é mortal se revista da imortalidade. E, quando isto que é corruptível se revestir da incorruptibilidade, e isto que é mortal se revestir da imortalidade, então cumprir-se-á a palavra que está escrita: Tragada foi a morte na vitória. Onde está, ó morte, o teu aguilhão? Onde está, ó inferno, a tua vitória? Ora, o aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei. Mas graças a Deus que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo.
1 Coríntios 15:53-57

Paulo afirma que a primeira criação (Adão) foi feita em um corpo corruptível, ou seja, um corpo que está sujeito a corrupção, ou ainda, de natureza (semente) corruptível:

Assim também a ressurreição dentre os mortos. Semeia-se o corpo em corrupção; ressuscitará em incorrupção. 1 Coríntios 15:42

Saber disto me provou uma grande questão com Deus: Por quê Senhor nos fizeste um "pouco menor" que os anjos?

Algumas coisas me perturbaram durante anos, até entender que o primeiro homem é de corpo frágil, sujeito ao pecado, e Paulo exclama:

Miserável homem que eu sou! quem me livrará do corpo desta morte? Romanos 7:24

Por que Deus nos fizeste assim?

Entre o que é natural (terreno) e o que é espiritual (celestial) existe um ponto que raramente estamos dispostos a olhar:

Os anjos (espíritos ministradores) foram criados em um ambiente celestial. Sem Lei alguma para os limitar quanto ao procedimento, sem algo para os tentar, a não ser uma tarefa dada exclusivamente a uma classe de anjos chamada de querubins:

Pela multidão das tuas iniqüidades, pela injustiça do teu comércio profanaste os teus santuários; eu, pois, fiz sair do meio de ti um fogo, que te consumiu e te tornei em cinza sobre a terra, aos olhos de todos os que te vêem. Ezequiel 28:18

Deus é espírito, e o lugar da Sua habitação é Santo. Deus nos fez para sermos o lugar da Sua habitação, ou seja, para sermos a Sua casa, Sua morada:

Edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, de que Jesus Cristo é a principal pedra da esquina; No qual todo o edifício, bem ajustado, cresce para templo santo no Senhor. No qual também vós juntamente sois edificados para morada de Deus em Espírito. Efésios 2:20-22

Então o que estava em disputa era o Santuário de Deus, Seu lugar de autoridade, de onde Ele poderia governar com visibilidade, ou seja, NÓS!

Nosso ser, nossa mente, nosso "coração" foi preparado deste a fundação do mundo, para ser o lugar do Trono de Deus, de onde Ele governaria tudo que criou!

Mas um querubim profanou estes santuários (Adão e Eva), os tornou profanados por uma disputa de governo sobre as coisas criadas. Lançou no coração do homem uma semente capaz de profanar o Templo de Deus:

O reino dos céus é semelhante ao homem que semeia a boa semente no seu campo; Mas, dormindo os homens, veio o seu inimigo, e semeou joio no meio do trigo, e retirou-se. E, quando a erva cresceu e frutificou, apareceu também o joio. Mateus 13:24-26

Só tem um lugar onde esta semeadura poderia ser feita: Nossa mente!

Tudo isto disse Jesus, por parábolas à multidão, e nada lhes falava sem parábolas; Para que se cumprisse o que fora dito pelo profeta, que disse: Abrirei em parábolas a minha boca; Publicarei coisas ocultas desde a fundação do mundo. Mateus 13:34-35

Finalmente é no Evangelho que entendemos todo princípio da criação.

E ele, respondendo, disse-lhes: O que semeia a boa semente, é o Filho do homem; O campo é o mundo (nossa mente); e a boa semente são os filhos do reino (regenerados pela Palavra); e o joio são os filhos do maligno (toda descendência de Adão); O inimigo, que o semeou, é o diabo (uma só vez, lá no Éden); e a ceifa é o fim do mundo; e os ceifeiros são os anjos. Assim como o joio é colhido e queimado no fogo, assim será na consumação deste mundo. Mateus 13:37-40

"Joio" é a produção da semente do engano (Cobiça), feita uma única vez no Éden que vem sendo verifica em todos os descendentes de Adão. Quem poderá nos livrar do nosso corpo o plantio desta semente de morte? Não pode! Ninguém pode! Nem Jesus pode! Este corpo físico está julgado e condenado a morte, e morra ele com a sua semente (joio) de morte!

Porque, se fomos plantados juntamente com ele na semelhança da sua morte, também o seremos na da sua ressurreição; sabendo isto, que o nosso homem velho foi com ele crucificado, para que o corpo do pecado seja desfeito, para que não sirvamos mais ao pecado. Porque aquele que está morto está justificado do pecado. Romanos 6:5-7

É por isso que este corpo físico jamais possuirá a eternidade, pois ele carrega a semente do maligno. Carne e sangue não podem herdar a eternidade.

Assim nada mais resta para este corpo, a não ser o de ser queimado no fogo, como está escrito:

Assim como o joio é colhido e queimado no fogo[/b], assim será na consumação deste mundo.

Só podemos concluir nesta primeira parte, é que o "Joio" é o fruto da semente do maligno, qual seja, o pecado que produzimos, cuja a semente ainda está em nós!

Fazer com que esta "semente de joio" fique infrutífera é o nosso chamado, pois ela não poder ser arrancada agora. Como posso fazer com que esta semente nunca frutifique dentro em mim? Recebendo outra semente: O Evangelho (Trigo), e quem faz a semeadura dela é o Filho do Homem!

Voltando ao início da questão: Quando virá o fim? Quando forem aniquilados todo:

Império = MORTE (?)
Potestade = PECADO (?)
Força = A LEI (?)

Por esta razão, nós também, desde o dia em que o ouvimos, não cessamos de orar por vós, e de pedir que sejais cheios do conhecimento da sua vontade, em toda a sabedoria e inteligência espiritual; para que possais andar dignamente diante do Senhor, agradando-lhe em tudo, frutificando em toda a boa obra, e crescendo no conhecimento de Deus; corroborados em toda a fortaleza, segundo a força da sua glória, em toda a paciência, e longanimidade com gozo; dando graças ao Pai que nos fez idôneos para participar da herança dos santos na luz; O qual nos tirou da potestade das trevas, e nos transportou para o reino do Filho do seu amor; em quem temos a redenção pelo seu sangue, a saber, a remissão dos pecados; O qual é imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação; porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades. Tudo foi criado por ele e para ele. E ele é antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem por ele. E ele é a cabeça do corpo, da igreja; é o princípio e o primogênito dentre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência. Porque foi do agrado do Pai que toda a plenitude nele habitasse, e que, havendo por ele feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, tanto as que estão na terra, como as que estão nos céus. A vós também, que noutro tempo éreis estranhos, e inimigos no entendimento pelas vossas obras más, agora contudo vos reconciliou no corpo da sua carne, pela morte, para perante ele vos apresentar santos, e irrepreensíveis, e inculpáveis, se, na verdade, permanecerdes fundados e firmes na fé, e não vos moverdes da esperança do evangelho que tendes ouvido, o qual foi pregado a toda criatura que há debaixo do céu, e do qual eu, Paulo, estou feito ministro. Regozijo-me agora no que padeço por vós, e na minha carne cumpro o resto das aflições de Cristo, pelo seu corpo, que é a igreja; da qual eu estou feito ministro segundo a dispensação de Deus, que me foi concedida para convosco, para cumprir a palavra de Deus; o mistério que esteve oculto desde todos os séculos, e em todas as gerações, e que agora foi manifesto aos seus santos; aos quais Deus quis fazer conhecer quais são as riquezas da glória deste mistério entre os gentios, que é Cristo em vós, esperança da glória. Colossenses 1:9-27

O corpo que agora nos aguarda é um corpo incorruptível que abriga apenas uma semente: A VERDADE. Depois que aqueles três elementos forem aniquilados o homem poderá viver em verdadeira consciência de governo santo e eterno. Novos céus e nova terra hão de manifestar-se:

E mostrou-me o rio puro da água da vida, claro como cristal, que procedia do trono de Deus e do Cordeiro. No meio da sua praça, e de um e de outro lado do rio, estava a árvore da vida, que produz doze frutos, dando seu fruto de mês em mês; e as folhas da árvore são para a saúde das nações. E ali nunca mais haverá maldição contra alguém; e nela estará o trono de Deus e do Cordeiro, e os seus servos o servirão. E verão o seu rosto, e nas suas testas estará o seu nome. E ali não haverá mais noite, e não necessitarão de lâmpada nem de luz do sol, porque o Senhor Deus os ilumina; e reinarão para todo o sempre. Apocalipse 22:1-5

_________________
No amor,

Roberto A. Sabino
Blog O Evangelho Vive
rasabino@yahoo.com.br
(044)9805-7891
avatar
rasabino

Mensagens : 215
Data de inscrição : 18/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mistérios em oculto

Mensagem por Jardim Regado em Sex Nov 15, 2013 4:38 pm

Acredito que estes três elementos se referem às instituições corrompidas: economia, política e religião. Quando elas forem aniquiladas, seremos revestidos de igualdade, serviço e amor.

Quando assimilamos o Evangelho, começa em nós este novo governo e creio que já é a consciência do que há de vir. Enquanto estivermos aqui, seremos de alguma forma afetados por esses sistemas.

_________________
"Serás como um jardim regado e como um manancial, cujas águas nunca faltam Is 58:11b"

http://janetecardoso.blogspot.com.br/
avatar
Jardim Regado

Mensagens : 223
Data de inscrição : 17/03/2013
Idade : 46
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://janetecardoso.blogspot.com.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mistérios em oculto

Mensagem por rasabino em Dom Nov 17, 2013 7:30 am

Jardim Regado escreveu:Acredito que estes três elementos se referem às instituições corrompidas: economia, política e religião. Quando elas forem aniquiladas, seremos revestidos de igualdade, serviço e amor.

Quando assimilamos o Evangelho, começa em nós este novo governo e creio que já é a consciência do que há de vir. Enquanto estivermos aqui, seremos de alguma forma afetados por esses sistemas.
Estes conceitos (economia, política e religião) que revestem e fundamentam as sociedades organizadas ainda são apenas o sub-produto de obras humanas.

O que gostaria de trazer para discussão é um enfoque anterior a todos estes conceitos, como disse Jesus: "Publicarei coisas ocultas desde a fundação do mundo". Entendo que os conceitos de "império, potestade e força" são revelados nas parábolas que Jesus vinha publicando. Neste caso, temos duas principais: O Semeador e a do "Joio e do Trigo" que também são "sementes".

Tudo que é produzido na natureza originalmente é uma semente. Nossa forma humana de existir também tem a semente como sua figura representativa. Cada semente dá forma a um corpo, ou produto, ou fruto, ou obras!

Assim quando eu digo que minhas palavras produzem uma obra (boa ou má) é como se eu estivesse lançando no chão da existência uma semeadura, a qual ao seu tempo fará surgir um fruto, que também poderá ser bom ou mal:

Porque cada árvore se conhece pelo seu próprio fruto; pois não se colhem figos dos espinheiros, nem se vindimam uvas dos abrolhos. Lucas 6:44

Porque não há boa árvore que dê mau fruto, nem má árvore que dê bom fruto. Lucas 6:43

Assim saberão todas as árvores do campo que eu, o Senhor, abati a árvore alta, elevei a árvore baixa, sequei a árvore verde, e fiz reverdecer a árvore seca; eu, o Senhor, o disse, e o fiz. Ezequiel 17:24

Porque há esperança para a árvore que, se for cortada (morrer), ainda se renovará, e não cessarão os seus renovos. Jó 14:7

_________________
No amor,

Roberto A. Sabino
Blog O Evangelho Vive
rasabino@yahoo.com.br
(044)9805-7891
avatar
rasabino

Mensagens : 215
Data de inscrição : 18/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mistérios em oculto

Mensagem por rasabino em Qua Nov 20, 2013 10:29 am


_________________
No amor,

Roberto A. Sabino
Blog O Evangelho Vive
rasabino@yahoo.com.br
(044)9805-7891
avatar
rasabino

Mensagens : 215
Data de inscrição : 18/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mistérios em oculto

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum