Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Palavras chave

Últimos assuntos
» POR QUE AS PESSOAS ABANDONAM A “IGREJA”
Ter Jan 20, 2015 1:28 pm por Jardim Regado

» Para que são os "sinais"?
Seg Out 27, 2014 8:03 pm por Jardim Regado

» Fórum - Transformando "igrejados" em "desigrejados"
Seg Jul 28, 2014 5:29 pm por rasabino

» O Evangelho Vive #25
Qua Jun 11, 2014 5:00 pm por Jardim Regado

» Desabafo 3
Sex Maio 16, 2014 7:48 pm por rasabino

» Desabafo 2
Sex Maio 16, 2014 7:47 pm por rasabino

» Desabafo 1
Sex Maio 16, 2014 7:46 pm por rasabino

» O Evangelho Vive #24
Ter Abr 22, 2014 9:10 pm por rasabino

» O Evangelho Vive #23
Ter Abr 22, 2014 4:41 pm por rasabino

Novembro 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
  12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930   

Calendário Calendário

Parceiros
Fórum grátis


Um outro que é o mesmo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Um outro que é o mesmo

Mensagem por Jardim Regado em Qua Out 30, 2013 11:46 am




Concluindo o que viemos conversando, este é o último texto interligado aos anteriores "Atemporalidade", "Amor, vínculo da perfeição" e "O Alfa e o Ômega". Nesses posts, procurei resumir o conteúdo bíblico em poucas palavras, de modo que todas as pessoas compreendam a essência do Evangelho. Para uma melhor assimilação do que é a Ordem de Melquisedeque, sugiro a leitura do texto com este título. Bom, vamos à conclusão.

João 14:16 - 17 "E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre; O Espírito de verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque habita convosco, e estará em vós."

João 14: 26 - 27 "Mas aquele Consolador, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto vos tenho dito."


João 16: 7 - 13 "Todavia digo-vos a verdade, que vos convém que eu vá; porque, se eu não for, o Consolador não virá a vós; mas, quando eu for, vo-lo enviarei.
E, quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, e da justiça e do juízo.
Do pecado, porque não crêem em mim;
Da justiça, porque vou para meu Pai, e não me vereis mais;
E do juízo, porque já o príncipe deste mundo está julgado.
Ainda tenho muito que vos dizer, mas vós não o podeis suportar agora.
Mas, quando vier aquele Espírito de verdade, ele vos guiará em toda a verdade; porque não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido, e vos anunciará o que há de vir."


É maravilhoso entender que Jesus selou os seus seguidores com seu próprio Espírito, para que sejam revestidos de autoridade, conhecimento e principalmente amor, não só para caminhar, mas para guardar a esperança até que Ele venha!

A palavra "outro" aqui é allos, que significa outro do mesmo. É como a minha Bíblia e a sua, são duas distintas, mas com a mesma essência, o mesmo conteúdo. O Consolador, o Espírito Santo, é Deus habitando no homem.

Percebe porque na Ordem de Melquisedeque, já não são necessários doutores da Lei ditando o que pode, não pode, deve e não deve ser feito? Percebe que também não estamos falando de anarquia?

Há um governo divino, há a Lei de Cristo resumida no AMOR, há um propósito eterno e a necessidade de lembrarmos o ensinamento de Jesus e praticá-los. O Espírito Santo nos ensina porque precisamos saber e isso acontece dentro do homem, onde Deus estabeleceu seu reinado.

A maioria das pessoas, ouviram falar de Jesus e sabe que Ele tem boas coisas à oferecer, mas ficam estagnados no "negue-se à si mesmo, tome sua cruz e siga-me". É um processo. Ninguém seguiu Jesus, sem antes negar o ego e em seguida liberar perdão. Além disso, seguir Jesus é tomar a responsabilidade de ser guiado por sua mente. Isto é viver sob a Ordem de Melquisedeque: ser livre para fazer a coisa certa.

Você que ainda não está livre de si mesmo, certamente vai argumentar que isto não é liberdade. Que ser verdadeiramente livre, é fazer o que seu instinto determina. Mas isto é apenas escravidão, porque a carne conspira contra nós e tudo o que pode fazer é lançar-nos no chão. Jesus jamais tiraria o grilhão dos seus pés, deixando-o acorrentado ao ego, algemado à ânsia de satisfazer a carne que segundo Ele mesmo, para nada serve.

A criatura é reflexo da vontade do Criador, que sabe perfeitamente porque criou. Ser livre é estar em sintonia com Deus. É ser tudo o que for possível ser, dentro do propósito de existir.

Nós não temos experiências com o "criar", mas sabemos o que é construir, inventar, gerar, transformar. É indício de defeito, quando a máquina de lavar vai andando enquanto funciona, o ventilador começa a zumbir enquanto ventila, a TV perde o som, o filho corta relações com a família ou quando algo pifa de vez e não tem conserto.

Tenho certeza que Deus não desiste de nós, enquanto queremos acertar, mas quando uma criatura se exalta ao ponto de negar o Criador, já pifou.

A religiosidade só alimenta o medo. Tantas regras só podem causar a culpa por não conseguir cumprí-las e revelar os complexos acarretados pela frustração. Consequentemente, se estabelece um ambiente de cobranças e acusações, porque um fracassado se justifica no fracasso do outro. O legalismo não aperfeiçoa, mas revela nossa impotência e vulnerabilidade.


A Ordem de Melquisedeque, é um caminho de excelência no relacionamento com Deus e com os homens. Não há regras impostas, mas é baseada na essência amorosa de Deus. Aqui, todo homem cuja Graça alcançou, é rei e sacerdote. O acesso à Deus é livre, por meio do amor. E os homens são um só organismo, existindo em harmonia com toda a criação. E em todo o tempo o Espírito nos ensina e nos faz lembrar que em breve Jesus virá.

_________________
"Serás como um jardim regado e como um manancial, cujas águas nunca faltam Is 58:11b"

http://janetecardoso.blogspot.com.br/
avatar
Jardim Regado

Mensagens : 223
Data de inscrição : 17/03/2013
Idade : 46
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://janetecardoso.blogspot.com.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Um outro que é o mesmo

Mensagem por rasabino em Qua Out 30, 2013 7:01 pm

Maravilha! Esta expressão abaixo

"A religiosidade só alimenta o medo. Tantas regras só podem causar a culpa por não conseguir cumprí-las e revelar os complexos acarretados pela frustração. Consequentemente, se estabelece um ambiente de cobranças e acusações, porque um fracassado se justifica no fracasso do outro. O legalismo não aperfeiçoa, mas revela nossa impotência e vulnerabilidade."

Define bem que a Lei suscita em nós o pecado. Mas a prática do amor nos aperfeiçoa na perfeita Lei da liberdade:

Porque a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte. Porquanto o que era impossível à lei, visto como estava enferma pela carne, Deus, enviando o seu Filho em semelhança da carne do pecado, pelo pecado condenou o pecado na carne; Para que a justiça da lei se cumprisse em nós, que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito. Romanos 8:2-4

_________________
No amor,

Roberto A. Sabino
Blog O Evangelho Vive
rasabino@yahoo.com.br
(044)9805-7891
avatar
rasabino

Mensagens : 215
Data de inscrição : 18/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Um outro que é o mesmo

Mensagem por Jardim Regado em Qua Out 30, 2013 9:05 pm

Ele andou em carne, para que pudéssemos andar no Espírito, que coisa linda!

_________________
"Serás como um jardim regado e como um manancial, cujas águas nunca faltam Is 58:11b"

http://janetecardoso.blogspot.com.br/
avatar
Jardim Regado

Mensagens : 223
Data de inscrição : 17/03/2013
Idade : 46
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://janetecardoso.blogspot.com.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Um outro que é o mesmo

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum